sábado, 7 de junho de 2008

Cotyledon tomentosa

Essa planta da família Crassulaceae é de cultivo muito fácil. Solo bem drenado e adubações ajudam, mas não são obrigatórios. Vai bem em sol pleno, quando fica bem compacta, e em meia sombra. As vezes a planta simplesmente "derruba" algumas folhas. Ainda não descobri a causa, mas acredito que seja falta de nutrientes.
A minha planta nunca floriu... Quando acontecer, coloco fotos.
Em alguns lugares é conhecido como "Pata-de-urso", por causa do formato de suas folhas. Na minha opinião, um nome bem adequado.
Veja outra planta:

Não consegui reproduzi-la por estacas foliares, só por estacas caulinares, mas acredito que seja possivel. Veja a foto abaixo e repare nas raízes saindo da folha:

3 comentários:

Anônimo disse...

minha ultima aquisiçao...linda demais
fico tentada a apertar as folhas tao gorduchinhas...
logo que comprei caiu uma folhinha..mas para meu prazer vi que tá brotando...isso é que me facina nelas...descobri que era assim quando achei uma brotando em baixo do sofa...quase tive um ataque, pq ja tinha perdido um monte por enfia-las na terra,,,vivendo e aprendendo ne?

Ol jake disse...

Marcus, encontrei seu blog fazendo uma busca por cactus e suculentas, que comeceia cultivar sem comprometimento, apenas por achar que tenham um manejo simples.

Descobri como são bacanas e agora possuo algumas (poucas) em minha varanda.

A "tomentosa" é uma das mais bacanas.

Parabéns pelo blog.

Anônimo disse...

Vivo em Portugal e à dois anos que tenho a Tomentosa na minha varanda e estava linda.Este inverno estava linda mesmo com frio. Este mês tem havido geada e para a proteger coloquei-a dentro de casa perto de uma janela com sol de manhã e muita claridade.O que aconteceu? A coitadinha deixou cair 3/4 das folhas mas continua viva e com folhas a nascer. Penso que a causa foi a falta de humidade que tenho dentro de casa. Comecei a colocar todos os dias uma colher de chá de água junto ao pé e as folhas pararam de cair e começaram a nascer outras.
Quando estava na varanda existia a humidade do ar e o solo nunca ficava tão seco. Como estamos no inverno, com temperaturas muito baixas, costumo regar muito pouco as suculentas que estão na rua para que as raizes não fiquem congeladas com o frio e apodrecem.

Isabel Maria