quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Portulaca oleracea


Essa plantinha, Portulaca oleracea, apareceu espontaneamente no jardim onde trabalho. Da família Portulacaceae, não requer cuidados especiais e vai bem em qualquer ambiente, desde que bem iluminado. Nasceu até mesmo nos vãos de minha calçada! Isso faz com que seja uma boa opção para jardins de suculentas.
A reprodução é feita por sementes, e depois da floração ela tende a desaparecer. É possível comprar sementes em lojas de flores.
Repare como a flor se parece com a flor dos cactus, só que com menos pétalas. Essas duas famílias (Cactaceae e Portulacaceae) pertencem à mesma ordem, Caryophyllales.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Sansevieria cylindrica

Sansevieria cylindrica, da família Rustaceae, é fácil de cultivar e muito rústica. Solo bem drenado e sol pleno são o suficiente para essa planta. Pode ser mantida em local sombreado, mas as folhas ficam "abertas" e não eretas como essas da foto.
A propafação pode ser feita separando os brotos que a planta produz ou através de estacas foliares, que podem ser feitas com pedaços das folhas.
As flores são muito delicadas e duram pouco. A floração, aqui em São Paulo, acontece no inverno e primavera.
É parente da Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata) e chamada de Lança de São Jorge, devido ao formato de suas folhas.
Uma curiosidade: já vi, em várias casas, essa planta em vasos e com cascas de ovos colocadas nas pontas das folhas, como se fossem capacetes. Alguém sabe o motivo disso?

Cissus quadrangularis


Cissus quadrangularis é uma planta da família Vitaceae, a mesma que a uva, que é relativamente comum no hobby. Pode ser plantada em solo bem drenado, mantida em sol pleno ou meia sombra e requer apenas adubações esporádicas para crescer bem.
Pode ser mantida em vasos pendurados, pois cresce muito e fica pendente e muito comprida. A minha está com mais de um metro e meio de comprimento.
A propagação pode ser feita facilmente por estacas caulinares.

sábado, 13 de dezembro de 2008

Senecio jacobsenii


Senecio jacobsenii, da família Asteraceae, é muito interessante por ser uma planta que pode ser cultivada pendente ou no jardim, onde ela se espalha pelo chão. Portanto, se cultivada num vaso, esse deve ser pendurado para a planta poder se desenvolver corretamente.
Sobstrato bem drenado é praticamente a única exigência dessa planta. Suporta bem sol pleno e meia sombra.
A propagação pode ser feita por estacas caulinares, que podem ser plantadas direto em local definitivo.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Pachypodium saundersii


Pachypodium saundersii dispensa muitos comentários. Ótima para jardins, é muito resistente e pode ficar ao ar livre, pegando chuva, vento e sol direto.
Numa parte do ano, na época de seca, perde todas as folhas. Na entrada da primavera, as folhas aparecem novamente.
As flores são brancas e numerosas:
Os frutos são típicos da família Apocinaceae. Veja:

Adenium obesum

Adenium obesum pertence à família Apocinaceae e é, sem dúvida, uma das suculentas com as flores mais bonitas de todas. São várias formas e cores. Além disso, o formato da planta é muito interessante.
O solo tem que ser muito bem drenado, pois a base da planta pode apodrecer. No mais, a planta é muito resistente.

Crassula sp.

Ainda não descobri qual a identidade dessa planta. Mas posso dizer que o cultivo é fácil e que é bem resistente ao excesso de água. Gosta de sol pleno e não requer mais nenhum cuidado especial.
A floração acontece no verão:

domingo, 7 de dezembro de 2008

Dúvidas, muitas dúvidas...

Como vocês devem ter reparado, estou colocando algumas fotos no blog sem identificação definitiva. Se alguém souber o nome dessas plantas, por favor sinta-se à vontade para comentar!

sábado, 6 de dezembro de 2008

Sempervivum sp.


Posted by Picasa

Sinocrassula sp.

Posted by Picasa