sexta-feira, 17 de abril de 2009

Sedum allantoides

Da família Crassulaceae, Sedum allantoides não é muito comum. Parece-se muito com Sedum pachyphyllum, mas as folhas são viradas para cima.
O crescimento é lento, mesmo com solo rico. Por falar nisso, é muito importante que o solo seja bem drenado, mas com bastante matéria orgânica. O substrato em que minhas plantas se desenvolveram melhor foi areia misturada com terra vegetal, meio a meio.
Quanto à iluminação, mantenho as minhas em sol pleno. Em meia sombra ela vai bem, mas fica um pouco estiolada e não desenvolve essa tonalidade azulada.
Ainda não floriu, em três anos de cultivo.